+55 11 3059-0070 |

Com o passar dos anos, os dentes precisam de mais atenção e pedem cuidados específicos. Sejam as próteses fixas, móveis ou implantes, existem técnicas específicas para cada caso. A falta de tratamento para determinados casos pode ocasionar uma série de problemas, como o desequilíbrio das articulações temporomandibulares, modificação na mordida, perda de eficiência na mastigação, alterações e desconforto na função das articulações, entre outros.

O uso e a eficácia dos implantes dentários como parte constante dos tratamentos odontológicos nos últimos 10 ou 15 anos é unanime. Não se discute mais se é ou não uma opção para as perdas dentárias, eles definitivamente se tornaram uma realidade dentro de qualquer consultório ou clínica. A discussão nos últimos anos gira em torno de como tornar os tratamentos com implantes cada vez mais rápidos, simples e previsíveis. Indo de encontro a um desejo antigo e muito comum entre os pacientes. Poucas intervenções cirúrgicas, soluções estéticas favoráveis, rapidez no tratamento e custos ou valores mais acessíveis ao bolso de cada um.

A seguir o Dr Francis Coachman, responsável pelo setor de implantes da Well Clinic, responde algumas das perguntas mais freqüentes feitas pelos pacientes.

Quanto tempo demora para se fazer um implante e depois o “dente” sobre ele?

É bom sempre lembrar que o implante e a coroa que irá substituir o dente ausente são duas coisas diferentes, o implante é a estrutura, em forma de parafuso, que terá a função similar a raiz de um dente. É o implante que irá reter a coroa. São duas estruturas separadas e que são realizadas, na grande maioria dos casos, em momentos diferentes.

As cirurgias para colocação de implantes variam muito em sua complexidade. Vão desde intervenções muito simples e rápidas, que duram cerca de 30 minutos, no caso da ausência de um único dente, até intervenções mais complexas com duração de 2 ou 3 horas, para pacientes, que por exemplo, perderam todos os dentes.

A colocação do dente sobre os implantes também varia conforme o caso. Em casos de reabilitações totais, a prótese definitiva poderá ser colocada com carga imediata, ou seja, em no máximo 7 dias. Já em casos unitários ou parciais, deveremos sempre colocar primeiro  uma coroa provisória, que  poderá vir imediatamente após a colocação do implante, ou no máximo em 3 meses. Já as coroas definitivas deverão vir sempre após o uso do provisório por pelo menos 4 meses.

Estou com problema em um dente da frente e meu dentista me disse que terei que removê-lo e colocar um implante. Estou com medo. Com isso é feito?

Se a gengiva e o osso, que são as estruturas periodontais, que cercam e protegem o dente, estiverem em ordem, ou seja, o problema está localizado somente no dente, o tratamento mais indicado é a remoção do dente, colocação imediata do implante e a colocação imediata de uma coroa provisória sobre o implante, preservando com isso a arquitetura gengival, tornando a solução estética muito mais previsível. Caso exista um comprometimento das estruturas periodontais, cada caso deverá ser avaliado para determinar a melhor sequência, mas a solução imediata fica comprometida, e cirurgias de enxerto ósseo e/ou gengivais prévias poderão ser necessárias.

Eu perdi todos os meus dentes quando ainda bem jovem, e agora uso uma dentadura (prótese total) no arco superior. Tenho muita dificuldade para me alimentar, e muita insegurança para falar, sorrir, enfim, ter uma vida social normal. Gostaria muito de poder fazer implantes, mas tenho muito medo. Todos os dentistas que consultei me disseram que meu caso é muito difícil, que tenho muito pouco osso. Assim, eu precisaria realizar uma cirurgia de enxerto ósseo antes e meu tratamento duraria por volta de 10 ou 12 meses. Existe alguma outra solução pra mim?

Até alguns anos atrás, a única alternativa para os pacientes que haviam perdido todos os dentes precocemente e com isso perdiam boa parte da estrutura óssea impedindo a colocação de implantes, eram os enxertos ósseos. Justamente por ser um tratamento mais longo, mais complexo e que exigia mais do paciente, fazendo com que o próprio paciente muitas vezes desistisse do tratamento, foram desenvolvidas nos últimos 10 ou 15 anos técnicas cirúrgicas e tipos diferentes de implantes que permitissem a reabilitação do paciente sem a necessidade  de enxertos ósseos prévios, e em grande parte de forma bem rápida e eficiente. Entre elas podemos citar principalmente os implantes inclinados e os implantes zigomáticos. A duração do tratamento nesses casos se reduz em sua grande maioria em no máximo 2 semanas entre o planejamento do caso, a cirurgia e a colocação da prótese fixa definitiva. Sendo que quando se opta pelo tratamento com enxerto ósseo ele pode se estender por até 1 ano. No entanto é muito importante citar que cada caso deverá ser avaliado de forma única e individual e dependendo do caso o enxerto poderá sim ser a melhor opção a se seguir.

  • Agendar Avaliação

    +55 11 3887-7225
    Se preferir clique no link, informe seus dados que ligamos para você para agendar sua avaliação.

    Agendar
  • Visita Virtual

    A WellClinic é uma das mais modernas e equipadas clínicas odontológicas de São Paulo. Conheça as nossas instalações e a estrutura de atendimento.

    Conhecer